Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Antonio Martins

Antonio Martins

Compositor Natural de Frutal Nasceu em Gênero musical: Música popular brasileira
Biografia

Músico. Compositor. Letrista. Produtor.

Em 1977 passou a residir em Belo Horizonte.

Entre 1983 e 1984 cursou “Musicalização e Teoria Musical” na Fundação de Educação Artística e ainda “Teoria e Prática Flauta Transversa”, na própria instituição.

Estudou “Violão Popular” com Juarez Moreira em 1986 e “Teoria Musical e Prática” na Escola Acorde, entre os anos de 2001 e 2002.

Dados Artistícos

Em 1976 participou do “VI Festival MPB de Frutal”, no qual obteve o 3º lugar.

A partir do ano de 1977 passou a integrar o grupo Mambembe, com o qual se apresentou no show “Divisor de águas”, em Ouro Preto, Lavras, Divinópolis, Juiz de Fora e Belo Horizonte.

No ano de 1981 trabalhou como coprodutor do disco do grupo Mambembe, gravado em São Paulo. Três anos depois, em 1984, ganhou o primeiro lugar no “IX Festival da MPB de Frutal”.

No ano de 1986 classificou-se em 2º lugar na 11ª edição do mesmo festival.

Em 1991 sua composição “Mambembe” foi gravada pelo grupo de mesmo nome. Neste mesmo ano participou do LP “Vida”, de Ladston do Nascimento, no qual também foram incluídas parcerias de ambos.

Em 1995 a dupla Pena Branca & Xavantinho interpretou “Congo” (c/ Tadeu Franco) no CD “Ribeirão encheu”. No ano seguinte, em 1996, roteirizou e participou do show “Nego duro”, de Ladston do Nascimento, apresentado em São Paulo, no SESC da Vila Mariana e Centro Cultural São Paulo e ainda em Belo Horizonte, no Teatro da Maçonaria.

No ano de 1998 atuou com o coprodutor do CD “A voz do coração”, de Ladston do Nascimento, que incluiu as faixas “Baiãozim” e “Reis”, parcerias de ambos. Neste mesmo ano teve gravado o clipe da música “Baiãozim”,  dirigido por Éder Santos e veiculado pela MTV, concorrendo na categoria “Melhor Clipe do Ano”.

Em 2000 Ladston do Nascimento lançou nos Estados Unidos o CD “A voz do coração” com o título “Voice of the heart”. Neste mesmo ano participou do show “No canto do mundo sob as águas de março”, com Ladston do Nascimento, no Centro Cultural da Prodemge, no Espaço Cultural Museu Histórico Abílio Barreto e no Teatro Izabela Hendrix e ainda foi o convidado especial do parceiro no “Especial Rede Minas”. O mesmo show foi levado para Teatro Sesiminas em 2001. Também em 2001 a revista americana JazzTime classificou o disco “Voice of the heart” como um dos melhores lançamentos do ano anterior.

No ano de 2002 produziu o CD “Simbora, João!”, do parceiro Ladston do Nascimento. O disco contou com a participação especial do compositor Edu Lobo na composição “Um falso chorinho” (c/ Ladston do Nascimento), sendo também incluídas de sua autoria “A bailarina e o último samurai”, “Das outras águas do rio”, “Nego duro”, “Te vira, nega”, “Dos diabos” e “Mater e pater”, além da faixa-título “Simbora, João”, todas em parceria com Ladston do Nascimento, e ainda a música “Diamantina”, em parceria com Ladston do Nascimento e Fernando Brant. O CD contou com arranjos de Juarez Moreira, Rogério Leonel, Ladston do Nascimento, Esdra Neném Ferreira e arranjo coral de Zezinho Moura, além da participação de músicos renomados, tais como Cristóvão Bastos, Robertinho Silva, Mauro Rodrigues e ainda do Coral Mater Ecclesiae (Meninos Cantores de Santa Luzia).

No ano de 2003 fez participação especial no show “A voz do coração”, de Ladston do Nascimento, no Teatro da Reitoria da UFMG. Ainda em 2003 suas composições “A bailarina e o último samurai”, “Nego duro”, “Simbora, João!”, parcerias com Ladston do Nascimento, foram classificadas no “6º Prêmio VISA MPB Compositores”, em São Paulo.

No ano de 2011 o parceiro Ladston do Nascimento lançou o CD “Lugarzim”, no qual interpretou de sua autoria as faixas “O povo do lugarzim” (c/ Ladston do Nascimento e Fernando Brant), “O circo do miudinho” (c/ Ladston do Nascimento), “Batida de rum” (c/ Fernando Brant, Esdra Neném Ferreira e Ladston do Nascimento), “A flor dos três rios” (c/ Ladston do Nascimento), além de incluir a composição “Da cor de amora” (c/ Robertinho Silva e Ney Conceição).

Entre seus parceiros destacam-se Ladston do Nascimento, Tadeu Franco, Ricardo Faria, Toninho Camargos, Manoel Musa, Adão Ventura, Edson Aquino, Celso Moreira e Celso Adolfo.

 

Obra
  • • A bailarina e o último samurai (c/ Ladston do Nascimento)
  • • A flor dos três rios (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Baiãozim (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Batida de rum (c/ Esdra Neném Ferreira, Ladston do Nascimento e Fernando Brant)
  • • Congo (c/ Tadeu Franco)
  • • Da cor de amora (c/ Robertinho Silva e Ney Conceição
  • • Das outras águas do rio (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Diamantina (c/ Ladston do Nascimento e Fernando Brant)
  • • Dos diabos (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Mambembe
  • • Mater e pater (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Nego duro (c/ Ladston do Nascimento)
  • • O circo do miudinho (c/ Ladston do Nascimento)
  • • O povo do Lugarzim (c/ Ladston do Nascimento e Fernando Brant)
  • • Reis (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Simbora, João! (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Te vira, nega (c/ Ladston do Nascimento)
  • • Um falso chorinho (c/ Ladston do Nascimento)
Discografia
  • • (1991) Vida • Independente • LP
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.