Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Eduardo Toledo

Eduardo Toledo

Cantor, Compositor Natural de Belo Horizonte Nasceu em 28 de dezembro de 1964 Gênero musical: Música popular brasileira
Biografia

Eduardo de Toledo Guimarães

Cantor. Compositor. Produtor.

Começou os estudos musicais aos nove anos na U.M.A. (Universidade Mineira de Arte).

Foi aluno de Fernando Rodrigues e Alexandre Lopes.

Transferiu-se para o Rio de Janeiro em meados da década de 1990.

Em 2003 fundou o selo musical Navegador Música, pelo qual lançou o CD “Baladas” e ainda outros discos de outros artistas, entre eles: “Kadu Vianna”, “Zapata” e “Lino”.

Dados Artistícos

Fundador da banda Agência Tass, com a qual gravou o LP “Vida clip”, lançado pela RGE em 1988.

Integrou o duo m o duo Two For Two ainda em Belo Horizonte.

Em 1994 lançou o CD “Eduardo Toledo”, do qual se destacou-se a faixa “Apenas diga não”, executada em várias emissoras do país, obtendo o primeiro lugar na Rádio Globo FM, do Rio de Janeiro.

No ano de 1996 lançou pela BMG/Ariola o CD “Navegador”. Deste disco destacou-se a faixa “Tudo por amor”, produzida por Mú (ex- ‘A Cor do Som’). O CD contou com a participação de Artur Maia, Jorge Gomes, Marcos Suzano, Ezequiel Neves e ainda de Herbert Viana na guitarra na faixa “Mulher sem nome”, de autoria do próprio Herbert Vianna. Foi incluído a inédita “Onde todos estão”, de autoria de Mú Carvalho e Cazuza, com acompanhamento da orquestra de cordas regida por Luiz Brasil.

Em 1997 fundou o grupo Nepal, com o qual gravou o CD “A filosofia do Nepal”, lançado pela EMI, do qual se destacaram as composições “E eu”, “Aos meninos do Brasil”, “Zé” e “Perguntas” e “Imagens”, todas de sua autoria. O CD contou com a participação de Fábio Fonseca nos teclados e Dominguinhos no acordeon. Afastou-se da banda em 1998 e dois anos depois a banda encerrou as atividades.

Em 2002 atuou como produtor musical de artistas como III Ato, Nepal, Sônia Andrade, Renato Guima (CD ‘Lombinho com cachaça’), Kadu Viana, Magno Mello, Sulyen, Lilian Nunes, Rachel Viana, Léo Spin, Pedro Morais, Ângelo Rafael, Lino Lana, banda Zapata e compositor espanhol Leo Minax em Madrid.

Em 2003 fundou o selo Navegador Música, pelo qual lançou o CD “Baladas”, contando com a participação de Adriano Campagnani, Mário Castelo, Serginho Silva, Fabiano Martins, André Campagnani e Rafael Domingues entre outros. Neste disco, além de várias composições de sua autoria: “A forma não se explica” e “E eu”, entre outras, interpretou “Maria do futuro”, de autoria de Taiguara.

Obra
  • • Apenas diga não
  • • Aprendi
  • • Cigana
  • • Clima
  • • Coisas banais
  • • Mexeu comigo
  • • Não vai voltar
  • • O ser humano quer
  • • Sacudiu
  • • Stela
  • • Tarde demais
  • • Tudo por amor
  • • Vai ser tão bom
Discografia
  • • (1988) Vida clip • RGE • LP
  • • (1994) Eduardo Toledo • Independente • CD
  • • (1996) Navegador • BMG/Ariola • CD
  • • (1997) A filosofia do Nepal • EMI/Music • CD
  • • (2003) Baladas • Selo Navegador Música • CD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.