Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Juarez Moreira

Juarez Moreira

Instrumentista, Compositor, Arranjador Natural de Guanhães Nasceu em 6 de fevereiro de 1954 Gênero musical: Música popular brasileira, outro
Biografia

Instrumentista (violonista). Arranjador. Compositor.

Autodidata, aprendeu a tocar violão ouvindo música popular brasileira, erudita e jazz. Estudou Engenharia Civil em Belo Horizonte.

Dados Artistícos

 

Iniciou sua carreira artística em 1978, integrando o grupo do maestro Wagner Tiso. A partir daí, atuou com Maria Bethânia, Paulo Moura, Milton Nascimento, Nivaldo Ornellas e Lô Borges, entre outros.

Em 1985, Toninho Horta gravou sua música “Diamantina” em álbum homônimo.

Em 1989, lançou seu primeiro disco, “Bom dia”, com a participação de André Dequech, Paulo Moura, Toninho Horta, Zeca Assumpção e Esdra Ferreira (Neném).

Em 1991, foi escolhido em concurso nacional para participar do Free Jazz Festival, evento que reuniu nomes como George Benson e Dizzie Gillespe, entre outros.

Lançou os CDs “Nuvens douradas”, contendo obras de Tom Jobim, “Samblues” e, com Nivaldo Ornellas, “Aquarelas”, interpretando músicas de Ary Barroso.

Atuou em workshop realizado no New England Conservatory de Boston (EUA) e excursionou pelo “Projeto Brasil musical”, do Banco do Brasil, através do qual gravou um disco lançado em 1996.

Participou do CD “Violões do horizonte”, ao lado de Gilvan de Oliveira e Weber Lopes.

Em 2000, lançou, com Toninho Horta e Chiquito Braga, o CD “Quadros modernos”, no qual registrou, de sua autoria, as canções “Diamantina”, “Homenagem a Radamés, Garoto e Jobim”, “Jota” e “Século XX”.

Lançou, em 2003, o CD “Juarez Moreira Solo”.

Ao lado da cantora Ithamara Koorax, lançou, em 2010, o CD “Bim Bom – The Complete João Gilberto Songbook”, reunindo todas as 11 composições do homenageado: “Glass Beads” (No Coreto)” e “Forgotten Places (Coisas distantes)”, ambas com João Donato e Lysias Ênio, “Minha saudade” (c/ João Donato), “Você esteve com meu bem?”(c/ Antônio Cardoso Martins), “Hô-Bá-Lá-Lá”, apresentada em duas versões, uma delas com letra em inglês de Aloysio de Oliveira, “Bim Bom”, “Um abraço no Bonfá”, “Undiú”, “Valsa (Bebel)”, “João Marcelo” e “Acapulco”. O disco foi produzido por Arnaldo DeSouteiro.

Obra
  • • Diamantina
  • • Homenagem a Radamés, Garoto e Jobim
  • • Jota
  • • Século XX
Discografia
  • • (1989) Bom dia (Juarez Moreira) • LP
  • • (1995) Nuvens douradas (Juarez Moreira) • CD
  • • (1996) Aquarelas (Juarez Moreira e Nivaldo Ornellas) • CD
  • • (1999) Samblues (Juarez Moreira) • Independente • CD
  • • (2000) Quadros modernos (Toninho Horta, Chiquito Braga e Juarez Moreira) • Independente • CD
  • • (2003) Solo (Juarez Moreira) • Independente • CD
  • • (2010) Bim Bom - The Complete João Gilberto Songbook (Ithamara Koorax e Juarez Moreira) – CD
  • • ([S/D]) Violões do horizonte (Juarez Moreira, Weber Lopes e Gilvan de Oliveira) • Karmim • CD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.