Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Leopoldina

Leopoldina

Cantor, Compositor Natural de Campos Gerais Nasceu em Gênero musical: Música popular brasileira
Biografia

Compositora e intérprete.

Singularidade é sua marca: uma voz única que chega com distinção aos ouvintes, por seu timbre, por seu potencial e, principalmente, por sua capacidade de reinventar as músicas cantadas.

Dados Artistícos

Desde o projeto Reciclo Geral “Mostra de Composições Inéditas em Belo Horizonte” realizado em 2002, quando iniciou efetivamente sua carreira musical, Leopoldina já esteve em vários palcos do estado. Em 2005, lançou juntamente com Dudu Nicácio o disco “Leopoldina-Dudu Nicácio”, gravado de forma independente e que teve turnê patrocinada pela então Telemig Celular por diversas cidades do interior do estado. Participou do disco “A Outra Cidade” de Makely Ka, Kristoff Silva e Pablo Castro e do show “Noturno”, ao lado de Mestre Jonas. Como intérprete, esteve também presente junto ao grupo Voz e Cia com as peças “O Malandro” e “Circo Místico”, participando também do cd “O Circo Místico”, sob direção Ernani Maletta e Marcinho Santana. Atualmente é cantora da Orquestra Misturada, que conta a direção de Mauro Rodrigues.
Em 2010 Leopoldina lança seu primeiro solo, com participações de diversos músicos de destaque na cena nacional. Entre eles podemos citar: Luis Felipe Gama com participação em arranjos e piano, Robertinho Silva na bateria e Toninho Carrasqueira na flauta. Desde de 2007 é cantora da Orquestra Misturada, sob direção de Mauro Rodrigues. Em 2011 a orquestra lançará seu primeiro CD com participação especial de Chico Amaral, Benjamim Taubkin e Toninho Horta. Dentro Conexão Vivo 2011, ocorreu o pré-lançamento do CD no Palácio as Artes com participação de Toninho Horta.

Discografia
  • Leopoldina, o CD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.