Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo

Cantor, Compositor Natural de Formiga Nasceu em 3 de abril de 1971 Gênero musical: Música popular brasileira, outro
Biografia

Fábio José de Melo Silva

Caçula de uma família de oito irmãos com pai pedreiro e mãe costureira.

Nasceu, passou a infância e a adolescência na cidade de Formiga, interior de Minas Gerais.

Em 1990 começou seus estudos religiosos. Cursou as faculdades de Filosofia e Teologia. Fez pós-graduação em Educação e em Teologia.

Em 2001 foi ordenado padre em sua cidade natal. Mais tarde foi transferido para a Diocese da cidade de Taubaté, em São Paulo.

Como escritor publicou cinco livros.

Criou e apresentou o programa semanal gospel “Direção Espiritual” na TV Nova Canção (Net), sediada na cidade de Cachoeira Paulista.

Segundo suas próprias palavras, tem como principal influência musical o cantor e compositor Fábio Jr.

Criou a campanha “Ato Solidário”, através da qual uma instituição que assiste pessoas carentes através de doações obtidas com as vendas de seus livros e camisetas em seu site pessoal.

 

Dados Artistícos

Em 1997 lançou o primeiro CD pela pequena gravadora gospel Edições Paulinas. Logo depois passou a fazer parte do cast da gravadora, também de segmento gospel, LGK Music, pela qual lançou diversos CDs.

Em 2008 lançou, pela mesma gravadora LGK Music, com distribuição da gravadora Som Livre, o CD “Vida”, que em apenas quatro meses chegou à marca de 540 mil cópias vendidas. Neste mesmo ano fez show para 2700 pessoas no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília. Ainda em 2008 foi lançado uma coletânea reunindo os maiores sucessos de três discos anteriores.

Em janeiro de 2009 apresentou no Canecão, com surpreendente aceitação de público que fez lotar a casa em todas as récitas, o show “Eu e o tempo”, com direção de Túlio Feliciano, no qual interpretou diversos sucessos da carreira, entre os quais “Luar do sertão” (João Pernambuco e Catulo da Paixão Cearense), “Apenas mais uma de amor” (Lulu Santos), “Asa branca” (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira), “Pai” (Fábio Jr.), “Tristeza do Jeca” (Angelino Oliveira), “Disparada (Theo de Barros e Geraldo Vandré), “Fogão de lenha” (Carlos Colla, Xororó e Maurício Duboc), “Romaria” (Renato Teixeira), “O caderno” (Toquinho e Mutinho), “Vida” (Fábio Jr.) e “O rouxinol” (Milton Nascimento). Na ocasião também foi gravado o DVD “Eu e o tempo”, o primeiro da carreira, sendo lançado pela gravadora Som Livre neste mesmo ano.

Com 11 CDs lançados acumulou a marca de mais de 1.200 mil cópias vendidas.

Suas centenas de vídeos no site Youtube são os mais procurados pelo segmento gospel brasileiro. Em outro site de relacionamento, o orkut, sua comunidade conta com mais de 110 mil integrantes.

Faz cerca de dez shows por mês em teatros, ginásios e praças públicas de várias cidades do país.

As apresentações no interior de São Paulo, Minas Gerais, região Norte e no Nordeste costumam levar milhares de pessoas. Segundo o próprio padre: “Nada pode ser comparado ao Norte e Nordeste do país. Os eventos cristãos naqueles cantos do Brasil são de uma grandiosidade que não ouso descrever. Tenho medo de empobrecer a verdade”.

Discografia
  • • (2008) Vida • LGK Music/Som Livre • CD
  • • (2009) Eu e o tempo • Som Livre • DVD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.