Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Paulinho Pedra Azul

Paulinho Pedra Azul

Cantor, Compositor Natural de Pedra Azul Nasceu em 3 de agosto de 1954 Gênero musical: Choro‎, Música popular brasileira, Samba‎
Biografia

Paulo Hugo Morais Sobrinho

Cantor. Compositor. Poeta. Ficcionista. Nasceu no Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais, na cidade de Pedra Azul, a qual adotou como nome artístico. Iniciou na vida artística aos 13 anos de idade, inicialmente com as artes plásticas enveredando em seguida pela poesia e pela música.

Dados Artistícos

Entre o final dos anos 1960 e o início dos anos 1970, participou de diversos festivais de música no Vale do Jequitinhonha. No mesmo período realizou inúmeros shows em cidades do interior de Minas Gerais. Ainda nos 1970, mudou-se para São Paulo onde morou por dez anos, período no qual trabalhou com o cantor e ator Saulo Laranjeira. Em 1982 lançou seu primeiro disco,o LP, “Jardim da fantasia”, pela BMG. Retornou em seguida à Minas Gerais, indo residir em Belo Horizonte. Sua música registra influências que vão desde os Beatles até o mineiro Clube da Esquina. Ao longo de mais de 15 anos de carreira vendeu mais de 300 mil discos, a maioria em produçoes independentes. Em 1994 gravou ao vivo no Palácio das Artes em Belo Horizonte o CD “Vivo”, onde estão presentes entre outras as composições “Precisamos de amores” e “Teu triste olhar”, de sua autoria, além de “Noite” e “Tarde”, parcerias com Marcelo Drummond e “Esperando a feijoada”, de Heraldo do Monte e Tadeu Franco. Em 1999 foi eleito em uma pesquisa como o segundo cantor mais conhecido de Minas Gerais, depois de Milton Nascimento. Em 2000 teve a composição “Tele-fome” gravada pelo grupo de rock Jota Quest. Em 2001 apresentou-se no CCBB no Rio de Janeiro no projeto “Veredas de Minas”, juntamente com outros artistas mineiros como Fernando Brandt, Tavinho Moura e Mestre Tizumba. No mesmo ano, gravou com Wagner Tiso um CD com músicas de Godofrego Guedes, pai de Beto Guedes. Já teve músicas gravadas por Diana Pequeno, Rosa Maria, Dércio Marques, Pena Branca e Xavantinho, Déo Lopes e Rubinho do Vale.

Obra
  • Bem te vi
  • Cine Isabel
  • Manhã (c/ Marcelo Drummund)
  • Noite (c/ Marcelo Drummond)
  • Olha para mim (c/ Juarez Moreira)
  • Precisamos de amores
  • Tarde (c/ Marcelo Drummond)
  • Teu triste olhar
Discografia
  • (1982) Jardim da fantasia • BMG/Ariola • LP
  • (1984) Uma janela dedntro dos meus olhos • Independente • LP
  • (1986) Sonho de menino • Independente • LP
  • (1988) Pintura • Independente • LP
  • (1989) Papagaio de papel • Independente • LP
  • (1990) Mais uma vez • Independente • LP
  • (1991) Paulinho Pedra Azul-10 anos/Coletânea • Independente • LP
  • (1992) Uma história brasileira • Independente • LP
  • (1994) Vivo • Velas • CD
  • (1994) Quarentena • Velas • CD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.