Nossos Músicos

Acervo em constante construção.
Telo Borges

Telo Borges

Instrumentista, Cantor, Compositor Natural de Belo Horizonte Nasceu em 22 de janeiro de 1958 Gênero musical: Música popular brasileira
Biografia

Marcelo Wilson Fragoso Borges Cantor/compositor/instrumentista – Belo Horizonte/MG 22/01/1958.  Irmão de Lô Borges , Márcio Borges e Marilton Borges, iniciou sua atividade musical junto aos irmãos e conviveu desde cedo com os participantes do Clube da Esquina.  Com 14 anos de idade, compôs a música “Voa Bicho” em parceria com o seu irmão Márcio Borges. Em 2013, a música “Tristesse” em parceria com Milton Nascimento, lhe rendeu o Grammy Awards.

Dados Artistícos

Iniciou sua atividade musical junto aos irmãos e conviveu desde cedo com os participantes do Clube da Esquina.

Participou como instrumentista das bandas de Wagner Tiso e Lô Borges.

Em 1978, teve pela primeira vez gravada uma composição de sua autoria: “Vento de maio” (c/ Márcio Borges), incluída no LP “A Via Láctea”, de Lô Borges. A canção foi registrada também por Elis Regina, no ano seguinte, no LP “O trem azul”.

Em 1980, atuou, ao lado dos irmãos no disco “Os Borges, que contou com a participação de Elis Regina, Milton Nascimento, Gonzaguinha, Guilherme Arantes, entre outros. Nesse ano, passou a integrar a banda de Beto Guedes, com quem trabalhou durante mais de dez anos. Também em 1980, teve sua música “Voa bicho” (c/ Márcio Borges), gravada pelo cantor Biafra.

Em 1982, participou do disco “Nuvem cigana”, de Lô Borges, na faixa “Ritatá”, de sua autoria.

Em 1987, Beto Guedes gravou sua composição “Alma de borracha” (c/ Márcio Borges), escolhida como faixa-título do disco.

Apresentou-se na Eco-92, ao lado de Milton Nascimento. Ainda na década de 1990, Flávio Venturini regravou “Vento de Maio”, no CD “Trem azul” (1998), e Beto Guedes registrou sua canção “Tristesse” (c/ Milton Nascimento), no CD “Dias de paz” (1999).

Lançou, em 1997, o CD “Vento de maio” e, em 2000, o CD “O poder mágico”.

Em 2003, sua composição “Tristesse” (c/ Milton Nascimento), foi gravada pelo parceiro, com a participação de Maria Rita, no CD “Pietá”. A música foi contemplada com o Grammy Awards, na categoria Melhor Canção Brasileira do ano. Em seguida, viajou em turnê de shows com Milton Nascimento, com quem se apresentou em Portugal, Espanha, França, Mônaco, Itália, Alemanha, Eslovênia, Dinamarca, Suécia, Noruega, Japão e Angola. Também em 2003, sua canção “Voa bicho” (c/ Márcio Borges), em interpretação de Maria Rita, fez parte da novela “Chocolate com pimenta” (Rede Globo)

 

Obra
  • • Ainda (c/ Márcio Borges)
  • • Alma de borracha (c/ Márcio Borges)
  • • Amor virtual (c/ Cláudio Venturini e Suely Mesquita)
  • • Bom sinal (c/ Márcio Borges)
  • • Meninos de Araçuaí (c/ Milton Nascimento)
  • • Por mim agora (c/ Cláudio Venturini)
  • • Ritatá
  • • Tempestade
  • • Tristesse (c/ Milton Nascimento)
  • • Vento de maio (c/ Márcio Borges)
  • • Voa, bicho (c/ Márcio Borges)
Discografia
  • • (1973) Milagre dos peixes • Odeon
  • • (1980) • EMI-Odeon • LP
  • • (1982) Nuvem Cigana • EMI-Odeon • CD
  • • (1997) Vento de maio • Tom Music • CD
  • • (2000) O poder mágico • CD
Bibliografia

http://dicionariompb.com.br/

http://www.memoriamusical.com.br/

http://www.mis.rj.gov.br/

http://www.discotecapublica.com.br/

https://acervosmusicais.wordpress.com/

http://acervocompositores.art.br/

http://www.violaobrasileiro.com.br/

http://jornalggn.com.br/blogs/laura-macedo

http://www.otempo.com.br/hotsites/concha

http://musicosdobrasil.com.br/dissertacoes.jsf

ALBIN, Ricardo Cravo. MPB: A História de um século. Rio de Janeiro: Funarte, 1997.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.

AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.

CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro: Lumiar, 1993.

CARDOSO, Sylvio Tullio. Dicionário Biográfico da música Popular. Rio de Janeiro: Edição do autor, 1965.

EFEGÊ, Jota. Figuras e coisas da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: MEC/Funarte, 1978.

EPAMINONDAS, Antônio. Brasil brasileirinho. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,1982.

História da Música Popular Brasileira. São Paulo: Editora Abril, 1982.

LUNA, Paulo – No compasso da bola. Rio de Janeiro, Irmãos Vitale, 2011.

MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.

MARIZ, Vasco. A canção brasileira. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2000.

MORAES, Mário de. Recordações de Ary Barroso. Rio de Janeiro: MEC/FUNARTE,1979.

REPPOLHO. Dicionário Ilustrado de Ritmos & Instrumentos de Percussão. Rio de Janeiro: GJS Editora, 2012. 2ª ed. Idem, 2013.

SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume 1. São Paulo: 34, 1997.

TINHORÃO, José Ramos. Música popular – teatro e cinema. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

VASCONCELOS, Ary. Panorama da Música Popular Brasileira. Vol. 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.